A pé. Equipa do Lourosa perdeu e Presidente obrigou a equipa a regressar a casa a pé

É uma das notícias de maior destaque nesta segunda-feira em Portugal.

“Plantel do Lourosa forçado a regressar a pé após derrota e Sindicato fala em ‘falta de respeito’ – informa o jornal Record.

“Jogadores do Lourosa foram obrigados a ir a pé para casa após eliminação da Taça” – escreve pelo seu lado o Correio da Manhã.

“Jogadores do Lourosa obrigados a ir a pé para o estádio” – informa o JN.

A insólita notícia está em praticamente todos os jornais e abre noticiários desportivos nas rádios e na TV.

O Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) já condenou a atitude do presidente do Lourosa, emblema do Campeonato de Portugal, que segundo parece obrigou os seus jogadores a deslocarem-se a pé de regresso ao seu estádio, após a derrota por 1-0 com o S. João de Ver, na Taça de Portugal:
“O sindicato dos jogadores condena o sucedido na tarde de hoje e considera inaceitável a atitude do presidente do Lourosa ao decidir dispensar o autocarro que transportaria a equipa após o jogo frente ao São João de Ver, obrigando os jogadores a regressar a pé”.
Jogadores foram obrigados a percorrer, a pé, cerca de seis quilómetros.