Aeronáutica. Grupo francês Lauak reforça investimento em Portugal, com apoio da UE

Publié le 18 août 2019

UE investe 33 milhões em Grândola, no Alentejo,  para ajudar o grupo basco Lauak (multinacional francesa da aeronáutica) a produzir peças para o Airbus A320. Grupo já está instalado em Setúbal desde 2003.

(Fotos: das instalações da Lauak em Setúbal e Grândola)

O Ministério do Planeamento anunciou ter homologado o apoio de fundos comunitários ao investimento de 33 milhões de euros da empresa Lauak, do setor da aeronáutica, em Grândola, no litoral alentejano.

O novo investimento do grupo em Portugal vai apoiar a criação de 274 novos postos de trabalho, segundo o Governo de Lisboa. 70 dos empregos serão “altamente qualificados”.

A Lauak vai produzir em Grândola peças com processos tecnológicos avançados, nomeadamente para o fabrico do Airbus A320.

“A economia alentejana reforça, assim, a sua presença num cluster industrial com elevado valor acrescentado, alargando os seus atuais polos geográficos de Évora e Ponte de Sor a novas localizações no território alentejano”, lê-se num comunicado do Ministério do Planeamento.

A empresa vai designadamente produzir a partir de Grândola materiais compósitos e portas de bagageira de carga para a Airbus.

O grupo francês já possui, desde 2003, uma fábrica de componentes para a indústria aeronáutica em Setúbal, que emprega cerca de 500 trabalhadores e que produz componentes para a Airbus e Embraer, entre outras construtoras.

 

 


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background