Argélia. Bouteflika desiste de concorrer ao quinto mandato presidencial

Publié le 11 mars 2019

O presidente argelino Abdelaziz Bouteflika anunciou que retira a sua candidatura, na sequência de uma vaga de manifestações que desde há várias semanas protestava contra o quinto mandato do octogenário.

 

A eleição presidencial, marcada para 18 de abril próximo, vai ser adiada, sem que uma nova data tenha sido anunciada. Segundo o diário francês Le Figaro, Bouteflika regressou ontem à Argélia, depois de um período de hospitalização em Genebra.
Ao anunciar a dupla decisão – adiamento das eleições e retirada da sua própria candidatura -, Bouteflika afirmou, segundo citação do diário francês Le Monde: “Não haverá um quinto mandato e para mim a questão nunca se pôs”.
O presidente argelino, agora com 82 anos, sofrera um Acidente Vascular Cerebral em 2013, e a notícia da sua candidatura pela quinta vez à presidência da República desencadeara uma vaga de manifestações, em vários dias sucessivos, com dezenas de milhares de pessoas.
Para muitos observadores da realidade magrebina, o tipo de mobilização popular que exigia a renúncia de Bouteflika aos seus planos de novo mandato assemelhava-se em grande medida às registadas durante a “Primavera Árabe”. O seu resultado, com o recuo de Bouteflika, reafirma essa semelhança.
Alfa/RTP.

Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background