Bispo de Leiria: “Não queria ficar na História como responsável pelo agravamento da pandemia”

Publié le 13 mai 2020

“Não queria ficar na História como responsável pelo agravamento da pandemia”

Foto António Pedro Ferreira

Bispo de Leiria/Fátima, D. António Marto: “Fátima vive a peregrinação mais difícil deste santuário”.

O bispo de Leiria-Fátima surgiu de máscara na conferência de imprensa que abriu as celebrações do 13 de maio.

Eis como a reportagem do Expresso descreveu esse momento:

“Antes de falar, retirou corretamente a máscara, que guardou num saco de plástico. E, depois, explicou como é fechar o santuário aos peregrinos. “O risco de contágio era muito elevado e seria porventura o caos”, disse D. António Marto.

“Penso que toda a gente compreendeu”, acrescentou. Relativamente às comparações com o 1º de Maio: “Não podemos comparar o incomparável. Uma coisa são manifestações sindicais, outra a responsabilidade da Igreja, que tem uma experiência milenar”.

 

Marqué comme

Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background