Bolsonaro reprovado por 38% dos brasileiros, segundo sondagem

Publié le 2 septembre 2019

A taxa de reprovação do Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, subiu de 33% para 38% entre julho e agosto, com diversos indicadores a apontarem para uma deterioração de sua imagem, segundo uma sondagem do Instituto Datafolha divulgada hoje.

Bolsonaro é o Presidente do Brasil mais mal avaliado no seu primeiro ano de mandato desde a redemocratização do país.

A ex-Presidente brasileira Dilma Rousseff tinha 11% de reprovação no mesmo período, Luiz Inácio Lula da Silva 10% e Fernando Henrique Cardoso 15%.

A pesquisa Datafolha indicou que a aprovação de Bolsonaro também recuou, passando de 33% em julho para 29% em agosto.

Já os que consideraram o Governo Bolsonaro regular somaram 30% dos entrevistados enquanto outros 2% disseram não saber opinar.

Segundo a pesquisa Datafolha, a taxa de aprovação de Bolsonaro registou uma queda significativa na população com mais de dez salários mínimos, passando de 52% em julho para 37%.

A pesquisa também revelou que 44% dos entrevistados não confiam na palavra do Presidente brasileiro, 36% declararam que o fazem eventualmente, enquanto 19% disseram confiar sempre.

Já a opinião dos entrevistados pelo Datafolha sobre o que o Presidente já fez mostrou que 62% creem que ele fez menos do que o esperado, 21% acham que correspondeu às expetativas e 11% que fez mais do que o previsto.

O crescente descontentamento dos brasileiros com Bolsonaro coincide com uma série de controvérsias protagonizadas pelo chefe de Estado desde que assumiu o seu mandato presidencial, em 01 de janeiro, após vencer as presidenciais com 55,13% dos votos.

A pesquisa Datafolha sobre a popularidade do Presidente brasileiro ouviu 2.878 pessoas em 175 municípios do país, entre 29 e 30 de agosto, e tem uma margem de erro de dois pontos percentuais.

 

Alfa/Lusa.


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background