Cinco substituições e 23 jogadores na Liga das Nações, Liga dos Campeões e Liga Europa

Publié le 24 septembre 2020

A possibilidade de até cinco substituições e a inclusão de 23 futebolistas na ficha de jogo serão permitidos em várias competições da UEFA, desde a Liga das Nações, até à Liga dos Campeões ou à Liga Europa.

“Serão permitidas até final da época até cinco substituições para todos os jogos da Liga das Nações, ‘play-offs’ de qualificação para o Europeu, qualificação para o Europeu feminino, Liga dos Campeões, Liga Europa, Liga dos Campeões feminina”, indicou o organismo do futebol europeu.

Em período de pandemia da covid-19, a UEFA informou ainda que nas fichas de jogo é autorizado que conste até um número máximo de 23 jogadores.

A UEFA anunciou também mudanças em relação à Youth League, competição em que o Benfica perdeu agosto pela terceira vez uma final, diante do Real Madrid (3-2), com os ‘merengues’ a sucederem no título europeu de juniores ao FC Porto.

A competição, que no seu início replicava a fase de grupos dos seniores na ‘Champions’ e tinha ainda um caminho dos não campeões, será disputada esta época apenas a partir de março, com 64 equipas numa fase a eliminar.

“A competição terá um formato de eliminação direta, numa eliminatória de 64 equipas”, adiantou a UEFA, explicando que o seu comité executivo aprovará brevemente os detalhes finais.

Com Agência Lusa.

Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background
Powered by Live Score & Live Score App