Covid-19. Medicamento japonês para a gripe apresenta bons resultados em casos “moderados” da doença

Publié le 19 mars 2020

Covid-19. Medicamento japonês para a gripe apresenta bons resultados em casos “moderados” da doença. Médicos chineses apresentaram bons resultados no tratamento da Covid-19 com um medicamento de 2014, desenvolvido no Japão para tratar gripe comum e algumas das suas variantes mas médicos japoneses consideram que apenas os casos “leves a moderados” podem beneficar com esta droga

(Alfa/Expresso).

LUCAS OLENIUK/TORONTO STAR VIA GETTY IMAGES

Por Ana França

Há um medicamento que está a oferecer mais esperança aos infetados com o novo coronavírus do que todos os outros testados até agora no epicentro do surto, a China.

As autoridades de saúde chinesas confirmaram esta quarta-feira que os resultados aos 340 pacientes, em Wuhan e Shenzhen, que tomaram “favipiravir” (também conhecido como Avigan), um medicamento para tratar vários tipos de gripe, mostram uma óbvia evolução positiva da condição de saúde.

Zhang Xinmin, porta-voz do Ministério da Ciência e Tecnologia chinês, disse, citado pelo diário “The Guardian”, que a droga “é bastante segura e claramente eficaz no tratamento” da Covid-19.

Em Shenzhen, os pacientes que receberam este tratamento tiveram testes negativos da doença cerca de quatro dias depois de terem feito um teste com resultado positivo, em comparação com os 11 dias necessários para que a doença desaparecesse do organismo das pessoas que não receberam estes medicamentos. Também as radiografias aos pulmões dos doentes que tomaram favipiravir mostram uma evolução favorável: 91% contra os 62% das pessoas que não receberam a droga.

No entanto, no Japão os médicos estão a avisar que esta droga pode não ser assim tão eficaz a tratar as pessoas que apresentem sintomas mais sérios. Ao jornal “Mainichi Shimbun” uma fonte do Ministério de Saúde japonês confirmou isso e deu exemplos: “Já demos Avigan a 70 ou 80 pessoas, mas não funciona assim tão bem quando o vírus já se multiplicou”.

A empresa que desenvolveu o medicamento, a Fujifilm Toyama Chemical, em 2014, ainda não fez qualquer comentário mas as suas ações subiram 14,7%.


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background