Covid-19/Portugal. Restaurantes. Teste e certificado não é exigido para os WC, esplanadas, nem para pagar a conta

Alfa/Lisboa

Covid-19. Nível elevado de contágios mantém-se. Mais 3.162 casos e mais 6 mortos em Portugal e aumento de internamentos e cuidados intensivos, informa a DGS. 

Mas registe que, em Portugal, foi decidida uma medida que está a provocar polémica, porque um rececionista ou uma empregada de restaurante pode passar de repente a ser agente de saúde e até ter de fazer testes rápidos aos clientes: PASSA A SER OBRIGATÓRIA A APRESENTAÇÃO DE UM TESTE NEGATIVO OU CERTIFICADO DIGITAL NOS HOTÉIS DE TODO O PAÍS E NOS RESTAURANTES DOS CONCELHOS QUE ESTÃO EM RISCO ELEVADO OU MUITO ELEVADO.

Contudo, a exigência de certificado digital ou teste negativo é apenas no acesso a restaurantes para serviço de refeições no interior – ou seja, não são exigidos nas esplanadas.

Outra das grandesma dúvidas que tem surgido é em relação ao acesso à casa de banho destes estabelecimentos.

De acordo com a informação que foi publicada esta sexta-feira à noite em Diário da República, o teste negativo ou certificado é apenas para quem estiver a fazer uma refeição no interior, ou seja, para ter acesso ao WC não será necessário ou para fazer o pagamento da refeição no interior do local, uma vez que a circulação para estes fins é feito com máscara. 

Mais informações oficiais sobre as viagens a Portugal dos portugueses e lusodescendentes residentes em França e na Europa, aqui:

Exclusivo. Entrevista com Berta Nunes. Conselhos para as viagens da Comunidade a Portugal

facebook sharing button

twitter sharing button
email sharing button
linkedin sharing button
td-main-content-wrap
Article précédentSÓ FADO – 09 DE JULHO DE 2021
Article suivantCartão Vermelho. Luís Filipe Vieira em prisão domiciliária até pagar caução