Embaixador britânico em Lisboa fica famoso ao dedicar canções a médicos e ao 25 de abril

Publié le 30 avril 2020

Embaixador britânico em Lisboa fica famoso ao dedicar canções a médicos e ao 25 de abril- Sic Notícias

O embaixador britânico em Portugal tem publicado nas redes sociais vídeos a tocar piano em homenagem aos profissionais de saúde de Portugal e também para comemorar o 25 de Abril.

O embaixador britânico em Portugal tem publicado nas redes sociais vídeos de si mesmo a tocar piano em homenagem aos profissionais de saúde do Reino Unido e de Portugal, tornando-se uma sensação na Internet, escrevem os media britânicos.

Os diários londrinos Guardian e The Times contam que tudo começou quando Chris Sainty, o embaixador de 53 anos que assumiu a representação do Reino Unido em Lisboa em 2018, publicou online imagens de si mesmo a tocar no piano músicas que variavam entre “Nessun Dorma” e “You’ll Never Walk Alone”, canção composta por Richard Rodgers e Oscar Hammerstein II para o musical de 1945 Carousel.

Músicas que o embaixador dedicou aos médicos e enfermeiros do SNS e NHS.

Vídeo incorporado

Mas foi a interpretação de canções associadas ao 25 de Abril que o colocou de facto sob os holofotes em Portugal.

Chris Sainty interpretou “E Depois do Adeus”, de Paulo de Carvalho e “Grândola, Vila Morena”, de Zeca Afonso.

O Times destaca como os portugueses expressaram a sua gratidão online.

“Obrigado pela emoção que me transmitiu”, disse um, referindo-se às músicas portuguesas, enquanto um outro agradeceu, defendendo que “o respeito e a consideração elevam as pessoas e os Estados”.

“E Depois do Adeus”. Esta música não foi só uma senha na . É também uma belíssima canção de amor. Aqui fica a minha interpretação ao piano nesta data tão significativa. Espero que gostem. @govpt (1/2)

Vídeo incorporado

Hoje celebramos a liberdade juntos. Partilho aqui a minha versão da “Grândola, Vila Morena” ao piano. Espero que gostem desta homenagem simples ao @govpt (2/2)

Vídeo incorporado

Sainty foi ensinado a tocar piano quando criança por Jean, mãe de Andrew Lloyd Webber (um dos compositores teatrais mais famosos de sempre), mas só voltou a tocar durante o confinamento como “estratégia para se tentar manter são”.

Depois destes primeiros vídeos terem sido vistos por dezenas de milhares de pessoas, o embaixador publicou um outro onde tocava uma versão da música que a cantora inglesa Vera Lynn tornou famosa na Segunda Guerra Mundial: “We’ll meet again’ (Voltaremos e ver-nos, em inglês), ganhando mais aplausos online.

Para Chris Sainty, o seu sucesso foi uma grande surpresa.

“Tudo começou como uma diversão, mas com uma mensagem séria de apoio e solidariedade às equipas médicas e prestadores de cuidados, mas a reação foi imensa e completamente inesperada”, disse em declarações ao The Times.

Num artigo de opinião publicado no jornal Público, Chris Saint refere que a pandemia obrigou muitos profissionais a “reinventar os métodos de trabalho” e que o fez dar consigo mesmo, um dia, a relembrar “músicas com significado especial” para si e com “particular relevância em tempos de crise”.

Com o Twitter cheio de mensagens de reconhecimento de muitos dos 400.000 emigrantes portugueses no Reino Unido, o embaixador explicou naquela rede social que as relações anglo-portuguesas começaram há mais de seis séculos, quando o rei João I se casou com Filipa de Lencastre em 1387, e teve “vários pontos altos, como o histórico Tratado do Vinho do Porto de 1703 ou a intervenção inglesa na Guerra Peninsular do século XIX”.

Além disso, acrescentou, “vale a pena lembrar que um dos enfermeiros que estavam ao lado da cama do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson no seu recente internamento hospitalar por ter sido infetado com Covid-19 foi Luís Pitarma, de Aveiro”.


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background