Estudo. Os vegetarianos e/ou vegans terão maior risco de sofrer um AVC

Publié le 7 septembre 2019

Este risco no entanto não abrange as pessoas que comam apenas peixe. 48.188 pessoas sem antecedentes cardíacos participaram num estudo e foram agora reveladas as conclusões.

Não comer carne para preservar a sua saúde é um argumento muitas vezes utilizado pela maioría das pessoas que optam por um regime vegan e/ou vegetariano. No entanto, segundo um estudo publicado pelo British Medical Journal no passado dia 4 de setembro e divulgado pela CNN, este poderá ser um argumento não totalmente certo.

Para chegar a estas conclusões, um grupo de cientistas britânicos analisaram os dados de 48.188 participantes com vários regimes adotados.

Segundo este estudo, as pessoas que comem peixe e os vegetarianos, incluindo os vegans – que foram seguidos pelos cientistas apresentavam taxas de  cardiopatia ischemica (doença das artérias coronárias) inferior a 13% em relação às pessoas que comem carne. Dados que de resto confirmaram anteriores estudos.

O AVC mais frequente nos vegetarianos e vegans:

No entanto, a tendência não é a mesma, em relação aos acidentes vasculares cerebrais (AVC): A taxa será de 20% mais elevada nos vegetarianos e vegans em relação às pessoas que optam por comer carne, segundo as conclusões deste estudo.

Este risco, e segundo estes trabalhos, não abrange as pessoas que consomem apenas peixe. Sendo que uma das explicações, é, “o facto dos consumidores de peixe não terem os níveis de colesterol tão baixo como os vegetarianos”, disse uma das cientistas, Tammy Tong, à CNN.

“Outros estudos suplementares serão no entanto necessários, noutras populações com outros regimes alimentares, para identificar os elementes susceptiveis de causarem estes resultados” adiantaram os cientistas que realizaram o estudo.


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background