Fim dos vistos Gold em Lisboa e Porto. Chineses e brasileiros cancelam compras de casas

Publié le 7 février 2020

Vistos gold. Chineses e brasileiros já cancelam compras em Portugal

Proposta do PS e decisão do Parlamento travou contratos que estavam para ser assinados esta semana – informna a rádio TSF.

O vice-presidente da Associação Portuguesa dos Promotores e Investidores Imobiliários (APPII) refere que tem recebido uma “chuva” de telefonemas do estrangeiro na última semana, nomeadamente desde que na quarta-feira o Parlamento aprovou a limitação destes vistos dourados para travar o aumento dos preços da habitação em Lisboa e no Porto.

“No dia do anúncio da medida muitos contratos de promessa de compra e venda ou algumas escrituras não se chegaram a efetivar pela incerteza e agora pela confirmação da aprovação da medida com o Orçamento do Estado”, conta Hugo Santos Ferreira.

“Muitos relatos, referentes a Lisboa e Porto, de contratos que estavam para ser assinados esta semana e que foram suspensos ou cancelados devido à decisão do Parlamento”, sobretudo de investidores chineses e brasileiros.

Hugo Santos Ferreira conta que ele próprio na noite em que a mudança foi confirmada pelos deputados teve um telefonema de um investidor de Xangai: “Estava a analisar a aquisição de grandes ativos em Lisboa, promoção imobiliária para classe média e também dedicada ao visto gold, e afinal não ia avançar”.

“Coloquemos as coisas ao contrário: se fosse um português a investir na China ou no Brasil muito dificilmente iria investir num Interior que não conhece, mas sim nas principais cidades com expectativas de retorno e rentabilidade conhecidas com um risco mais diminuto”, afirma.

Recorde-se que para ter um visto gold que permite entrar em Portugal e, dessa forma, no espaço da União Europeia, é preciso investir 500 mil euros na compra de imobiliário – pelo menos é esse o caminho que a esmagadora maioria tem seguido.

Dos 8.125 vistos concedidos entre outubro de 2012 e novembro de 2019 mais de metade, 4.441, foram entregues a chineses, e 858 a brasileiros. São, de longe, as principais nacionalidades a procurar Portugal através deste regime especial de Autorização de Residência para Atividade de Investimento.

(Leia artigo na íntegra em tsf.pt)

 


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background