Fisco francês está a multar portugueses que não declararam contas bancárias em Portugal

Agora, o Lusojornal indica que: « Milhares de Portugueses residentes em França estão a ser controlados pelo Fisco francês porque não declararam as contas bancárias que têm em Portugal. Queixam-se de não terem tido essa informação e a Advogada Carla Fernandes disse ao LusoJornal que há clientes cujas multas aproximam-se dos 200.000 euros ».

« Quando preenchem a declaração anual de rendimentos, os residentes fiscais em França devem informar as autoridades fiscais que detêm contas no estrangeiro. Mas muita gente não o faz. Só que, desde 2017, ao abrigo de acordos fiscais entre os dois países, Portugal transmite à Autoridade fiscal francesa a lista das contas bancárias de clientes residentes em França », acrescenta o jornal.

“Isto começou realmente em 2019. No início era bem mais calmo, mas depois começou a intensificar-se. De 2020 não se fala, por causa da pandemia, mas agora, desde janeiro de 2021, está a ser mais intensivo” explica Carla Fernandes ao LusoJornal.

« A multa é de 1.500 euros por cada conta bancária não declarada e por cada ano, sabendo que o retroativo é de 10 anos » informa ainda o lusojornal. « Para a Administração fiscal, quem não declarou uma conta no estrangeiro, está provavelmente a ocultar uma hipotética fraude fiscal », indica a advogada.

Saiba mais. Leia aqui um dos artigos publicados pela Rádio Alfa sobre este assunto, em 02/11/2019 (portugueses residentes em Portugal com contas no estrangeiro também são investigados): 

Contas em Portugal de emigrantes também controladas. Fisco investiga contas de portugueses no estrangeiro

 

td-main-content-wrap
Article précédentPrémio Camões 2021. Paulina Chiziane dedica distinção às mulheres
Article suivantPortugal desce para o oitavo lugar no ranking da FIFA