França: Remodelação governamental

Publié le 16 octobre 2018

Após uma série de demissões no governo francês, Emmanuel Macron decidiu reestruturar o Executivo e, à semelhança do primeiro-ministro português, nomeou vários novos ministros e secretários de Estado.

Christophe Castaner à saída do conselho de ministros de 3 de outubro. LP/Frédéric Dugit

 

Christophe Castaner, 52 anos, substitui Gérard Collomb e terá Laurent Nuñez como secretário de Estado no ministério do Interior.

Castaner, antigo socialista, próximo de Emmanuel Macron, ocupava o cargo de secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares enquanto Laurent Nuñez liderava a Direção Geral da Segurança Interna.

Macron nomeou ainda como ministro da Cultura Franck Riester, 44 anos, deputado eleito em 2017 nas listas do partido conservador “Os Republicanos”, que substitui Françoise Nyssen.

O Presidente francês substituiu ainda o ministro da Agricultura, pasta que passa a ser assumida pelo senador Didier Guillaume, antigo socialista, que substitui Stéphane Travert.

Jacqueline Gourault, até agora ministra delegada do Interior, sobe na hierarquia ao ser designada titular do Ordenamento do Território, cargo que ocupava Jacques Mézard.

Deixa igualmente o Executivo a secretária de Estado da Economia e Finanças, Delphine Gény Stéphan, substituída por Agnès Pannier-Runacher.

O centrista Marc Fesneau substituirá Castaner na pasta dos Assuntos Parlamentares e o ministro da Educação, Jean-Michel Blanquer, passará a assumir também competências na área da Juventude.

Haverá também três novos secretários de Estado nos departamentos de Transição Ecológica, Solidariedade e Saúde, Educação e Juventude.

O Governo remodelado reúne-se na quarta-feira na habitual reunião semanal do Conselho de Ministros.

Alfa/Lusa/DN

 


Opinions des lecteurs

Laisser un commentaire


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background