Franceses copiaram os documentos do “pirata” Rui Pinto. Para eles não desaparecerem em Portugal

Publié le 30 mars 2019

“Football Leaks”. Justiça francesa recolheu documentos de Rui Pinto e promete partilhá-los. Autoridades francesas foram a Budapeste e copiaram documentos do “hacker” agora detido em Portugal. Estavam com receio que fossem destruídos em Portugal. Posteriormente, soube-se que as autoridades belgas também copiaram os documentos.

As autoridades francesas copiaram os documentos armazenados por Rui Pinto com receio que os ficheiros acabassem destruídos em Portugal.

Segundo a revista alemã Der Spiegel, antes do pirata informático ser extraditado para Lisboa, os investigadores franceses apressaram-se a viajar até Budapeste para negociar com a Justiça húngara a cópia de todos os ficheiros.

Rui Pinto já entregou cerca de 70 milhões de documentos, muitos deles divulgados pela revista alemã, dando origem a diversas investigações judiciais.

As autoridades francesas negociaram a cópia do acervo de documentos encriptados do pirata informático português e não revelaram de imediato as razões deste pedido às homólogas húngaras. Estavam com receio que fossem destruídos em Portugal.

Rui Pinto, o denunciante português da Football Leaks, chegou a Portugal na semana passada, onde está preso preventivamente.

 


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background