Franceses copiaram os documentos do « pirata » Rui Pinto. Para eles não desaparecerem em Portugal

« Football Leaks ». Justiça francesa recolheu documentos de Rui Pinto e promete partilhá-los. Autoridades francesas foram a Budapeste e copiaram documentos do « hacker » agora detido em Portugal. Estavam com receio que fossem destruídos em Portugal. Posteriormente, soube-se que as autoridades belgas também copiaram os documentos.

As autoridades francesas copiaram os documentos armazenados por Rui Pinto com receio que os ficheiros acabassem destruídos em Portugal.

Segundo a revista alemã Der Spiegel, antes do pirata informático ser extraditado para Lisboa, os investigadores franceses apressaram-se a viajar até Budapeste para negociar com a Justiça húngara a cópia de todos os ficheiros.

Rui Pinto já entregou cerca de 70 milhões de documentos, muitos deles divulgados pela revista alemã, dando origem a diversas investigações judiciais.

As autoridades francesas negociaram a cópia do acervo de documentos encriptados do pirata informático português e não revelaram de imediato as razões deste pedido às homólogas húngaras. Estavam com receio que fossem destruídos em Portugal.

Rui Pinto, o denunciante português da Football Leaks, chegou a Portugal na semana passada, onde está preso preventivamente.

 

td-main-content-wrap
Article précédentA hora muda no domingo. Deverá ser assim até 2021
Article suivantEmpregos de favor em Portugal. Opinião, por Daniel Ribeiro