Giro: Ruben Guerreiro vencedor virtual da classificação da montanha 

Publié le 22 octobre 2020

Ruben Guerreiro (Education First) garantiu hoje, matematicamente, a vitória na classificação da montanha da Volta a Itália em bicicleta, após a 18ª etapa, a caminho de ser o primeiro português ‘rei’ desta tabela numa das três grandes Voltas.

Depois do dia de hoje, em que o ciclista português, que já tinha vencido a nona etapa, somou 36 pontos, sobram 98 pontos que um ciclista pode somar até domingo, em Milão, e todos apenas no sábado, com duas subidas de primeira categoria (40 pontos cada) e uma de segunda (18).

A vantagem de Guerreiro, que soma 234 pontos, para o belga Thomas de Gendt (Lotto Soudal), segundo com 122, é de 112 pontos, pelo que a vitória está assegurada para o luso, num feito inédito para Portugal em classificações secundárias de voltas a Itália, França e Espanha.

O triunfo de hoje até começou antes da própria partida, em Pinzolo, com o abandono do italiano Giovanni Visconti (Vini Zabù-KTM), por lesão, um dia depois de ter sido ‘destronado’ por Guerreiro, numa altura em que somava 148 pontos.

Visconti já tinha ‘roubado’ a camisola ao português de Pegões, no concelho do Montijo, mas o luso conseguiu reavê-la e, hoje, confirmou a azul até ao final, num dia em que João Almeida (Deceuninck-QuickStep) perdeu a camisola rosa e a camisola branca, da juventude.

Hoje, o homem da Education First cortou a meta em 36º lugar após integrar a fuga do dia, aproveitando o resultado para subir seis posições na geral, para o 37.º posto.

Para confirmar o feito, Ruben Guerreiro, que hoje passou em primeiro no Campo Carlo Magno e em segundo no Passo Castrin, precisa de terminar a prova, faltando três etapas, na sexta-feira, sábado e domingo, dia em que o Giro termina com um contrarrelógio em Milão.

 

Com Agência Lusa.


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background
Powered by Live Score & Live Score App