Giro2020. João Almeida reforça camisola rosa na vitória de Peter Sagan na 10ª etapa da Volta a Itália em bicicleta

O português João Almeida (Deceuninck-Quick Step) reforçou hoje a liderança da Volta a Itália em bicicleta, ao chegar em terceiro numa 10ª etapa que o eslovaco Peter Sagan (BORA-hansgrohe) venceu isolado.

Sagan, de 30 anos, cumpriu os 177 quilómetros entre Lanciano e Tortoretto em 4:01.56 horas, 19 segundos a menos do que o norte-americano Brandon McNulty (UAE Emirates), segundo, e 23 para Almeida, terceiro, que aproveitou a bonificação de quatro segundos para se tornar mais líder.

Na geral, o português tem agora 34 segundos de vantagem para o holandês Wilco Kelderman (Sunweb), segundo, e 43 para o espanhol Pello Bilbao (Bahrain-McLaren), terceiro.

Acácio da Silva, antigo ciclista, chegou a vestir a camisola Rosa no Giro e a Amarela no Tour, esteve ontem na Tribuna Desportiva da Rádio Alfa e falou precisamente da ‘performance’ do jovem português.

 

 

Acácio da Silva alerta que a última semana do Giro vai ser muito difícil.

 

 

 

Na quarta-feira, a 11ª etapa liga Porto Sant’Elpidio a Rimini, ao longo de 182 quilómetros, com apenas uma contagem de montanha, de quarta categoria.

 

 

Com Agência Lusa.