Grande confusão em França com a publicação das notas dos exames do secundário

Publié le 5 juillet 2019

Greve dos professores que corrigiram as provas finais leva a que milhares de examinados do “BAC”, exame final do secundário,  tenham recebido “notas provisórias”.

A publicação,  esta sexta-feira, ,05, dos resultados do exame final do ensino secundário em França, é o grande tema das notícias neste país.

A polémica é grande porque uma greve dos vigias dos examess e dos professores que corrigiram e avaliaram as provas dos alunos domina as manchetes dos jornais desta sexta-feira.

Devido à greve, muitos alunos não receberam notas definitivas, mas apenas provisórias, nas quais não entraram em conta as notas dos exames finais, mas apenas as da avaliação feita durante o ano escolar.

A polémica está a colocar o Governo e o ministério da Educação em grandes dificuldades até porque, também, antes dos exames, foram detetadas fugas sobre as perguntas dos exames em algumas academias.

Os professores grevistas – e igualmente associações estudantis – contestam a reforma do ensino liceal em França, designadamente a referente ao “BAC”.

Na foto, o ministro da Educação, Jean-Michel Blanquer:

 


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background