Incêndios agravam-se em Portugal. Situação piora em Monchique e Marvão

Publié le 5 août 2018

Segundo a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil, os seis piores incêndios rurais ou florestais em curso localizavam-se neste domingo à tarde nos concelhos de Monchique, Lousada, Vila Nova de Famalicão, Almada, Marvão e Alfândega da Fé.

Com mais meios continua o combate às chamas do distrito de Faro, que deflagraram na localidade de Perna Negra, Monchique, depois das 13h de sexta-feira, o que obrigou à retirada de diversas pessoas de uma zona próxima da Portela do Vento e de outras localidades. Agora, já à noite, está a ser evacuada parte da vila de Monchique.

Pelas 17h, a combater o incêndio de Monchique estavam 831 homens, apoiados por 223 viaturas e 12 meios aéreos.  A situação estava a ficar muito complicada ao cair da noite, porque as chamas estavam à porta da vila.

À mesma hora, em Marvão, no distrito de Portalegre, estavam 148 operacionais, 38 viaturas e três meios aéreos a combater as chamas, que tiveram início depois das 15h de hoje.

Depois das 20h a situação era grave em Monchique: as chamas estavam já nos arredores da vila e habitantes estavam a ser evacuados.

Estava também a essa hora a ser reforçado o combate às chamas nas encostas do castelo de Marvão.

No total, ao cair da noite, mais de 1800 operacionais combatiam 39 incêndios em Portugal continental.
Entretanto duas jovens feridas num incêndio  em Estremoz foram internadas em estado grave e reservado em Lisboa.
Alfa/Expresso/Lusa/diários


Opinions des lecteurs

Laisser un commentaire


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background