Livro « Pétain, Salazar, De Gaulle, affinités, ambiguités, illusions (1940-1944) » apresentado na casa de Portugal, no dia 3/10

Crónica de João Pinharanda para ouvir na segunda-feira, 30, alguns minutos antes das 7, 9, 11, 15, 17 e 19 horas.

Dias depois de morrer Jacques Chirac e quando ainda estamos em pleno debate sobre a sua longa vida política, a não perder a apresentação de Patrick Gautrat da sua obra histórica « Pétain, Salazar, De Gaulle, affinités, ambiguités, illusions (1940-1944) »- edições Chandeigne -, na Maison du Portugal, na Cité Universitaire, na quinta-feira, dia 3.

Crónica de João Pinharanda, diretor do Instituto Camões em Paris e conselheiro cultural da Embaixada de Portugal em França

td-main-content-wrap
Article précédentDomingo. Manual do bom fascista, Les eaux de Joana e Jacques Chirac no Passagem de Nível
Article suivantAigle Azur. A Águia francesa já não voa