Lusodescendente promove história e cultura portuguesas nas redes sociais

Tiago Martins, lusodescendente nascido em França, começou há dois anos a conta Portuguese Facts no Instagram para dar a conhecer episódios da história e cultura portuguesa através dos « novos códigos » das gerações mais jovens.

« Não havia nada para os portugueses de França deste género. Há para russos ou chineses, mas nada de jeito para Portugal. Era mais paródias, algumas sem muita graça. Pouco a pouco, houve cada vez mais pessoas a seguirem-me », explicou Tiago Martins, em declarações à agência Lusa.

A página Portuguese Facts já tem mais de 13 mil seguidores e as publicações são feitas em três línguas: português, francês e inglês. As publicações variam entre factos históricos, como o episódio da Troca das Princesas, passando pelo arroz de cabidela ou uma explicação sobre Bracara Augusta.

« As primeiras publicações eram o que me passava pela cabeça e o design não era muito bonito. Foi evoluindo pouco a pouco. Agora são os seguidores que me sugerem alguns temas e vou pesquisando também », explicou.

Tiago Martins tem 29 anos e é licenciado na área do setor energético, no entanto, desde criança interessou-se pela história e geografia de Portugal, influenciado pelos pais, oriundos da aldeia da Barrenta, perto de Leiria, e também pela escola portuguesa.

« Desde sempre gosto da história e da cultura portuguesas. Os meus pais sempre me tentaram ensinar isso e também fui à escola portuguesa, onde há aulas de história e geografia portuguesas e sempre fui bom aluno nessas disciplinas », sublinhou.

Agora quer ajudar a dar a conhecer estes factos às novas gerações através dos « novos códigos ».

« Sempre gostei deste tipo de contas em França que falam da história de maneira fácil, rápida e com os códigos da nova geração. É algo mais democrático e fácil de aprender », detalhou.

Entre os seguidores estão maioritariamente pessoas que falam francês, como franceses, mas também suíços, luxemburgueses ou quebequenses, na sua maioria de origem portuguesa, e outros países como Estados Unidos, África do Sul e, claro, Portugal.

O próximo desafio é despertar o interesse de quem não tem qualquer ligação com Portugal.

« Gostava de desenvolver mais a parte de partilhar Portugal com pessoas que não têm qualquer ligação ao país e, portanto, ando a desenvolver parcerias com vários ‘youtubers’ famosos em França », referiu Tiago Martins, que já fez três vídeos em colaboração com ‘youtubers’ conhecidos em França e desenvolveu também o seu próprio canal.

Desta « paixão » pessoal há também outros projetos em vista como um livro que misture a história e a gastronomia, contando a origem de famosos pratos portugueses, sempre de forma « fácil » e « acessível » aos mais jovens.

td-main-content-wrap
Article précédentÉpoca balnear abre hoje na maioria das praias portuguesas
Article suivantEuro2020: Guedes em “perfeita forma” para “complicar vida” a Fernando Santos