“Se as pessoas soubessem como são feitas as salsichas”. Conversa de Macron com Trump correu mal

Publié le 7 juin 2018

Macron sobre uma conversa mal sucedida com Trump: “Se as pessoas soubessem como são feitas as salsichas…”

Alfa/Expresso

O tema da conversa eram as tarifas protecionistas agora impostas pelos EUA aos seus aliados mais próximos. O presidente norte-americano não terá gostado de ser criticado

(foto arquivo)

Há dias que havia informações de que uma recente conversa telefónica entre os presidentes de França e dos Estados Unidos tinha corrido mal. Emmanuel Macron esperava fazer valer a sua boa relação com Donald Trump para o convencer de que não havia nada a ganhar com uma guerra comercial entre os Estados Unidos e a Europa – designadamente, com taxas alfandegárias impostas unilateralmente pelos EUA ao arrepio de acordos comerciais há muito em vigor.

Trump, que reage mal às críticas, não terá apreciado a lição. As polémicas taxas entraram mesmo em vigor, e a União Europeia já anunciou retaliações. Agora Macron parece ter confirmado publicamente, embora de forma algo indireta, que a conversa de facto não correu bem.

Durante uma conferência de imprensa com o primeiro-ministro israelita, que está de visita a Paris, perguntaram ao presidente francês se era verdade, como afirmou a CNN na segunda-feira, que a conversa com Trump tinha sido terrível. Macron, que é conhecido por não fazer o tipo de confidências aos jornalistas que outros presidentes fazem e fizeram, respondeu invocando a figura de um famoso chanceler alemão do século XIX.

“Como Bismarck costumava dizer, se explicássemos às pessoas como são feitas as salsichas, é pouco provável que elas continuassem a comê-las. Portanto, eu gosto quando as pessoas veem a refeição pronta, mas não creio que os comentários de cozinha ajudem a criar a refeição ou a comê-la”.

Tradução: as relações internacionais tratam-se com a porta fechada. Ao público cabe apreciar, ou não, o resultado final. Para garantir que a mensagem era bem entendida, Macron acrescentou: “Aqui em Paris não fazemos comentários sobre como correu, ou quão quentes, frias, calorosas ou terríveis as coisas foram. Simplesmente vamos e fazemos as coisas”.


Opinions des lecteurs

Laisser un commentaire

Votre adresse email ne sera pas publiée. Les champs requis sont indiqués avec *


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background