Militares portugueses desfilaram nos Campos Elísios

A Parada militar, à qual assiste o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa e outros dirigentes políticos europeus,, como convidados especiais de Emmanuel Macron., decorre este ano sob o lema “Agir em conjunto” para homenagear as forças militares dos dez países que fazem parte da Iniciativa Europeia de Intervenção, entre eles Portugall.

Esta força é coordenada pela França e que reúne 10 países europeus, Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Estónia, Finlândia, Holanda, Portugal e Reino Unido, que terão as respetivas forças armadas representadas.

A Força Área portuguesa enviará um avião C295 tripulado por quatro militares nacionais, dois oficiais e dois sargentos. Esta aeronave tem tido intervenções nas missões da agência Frontex e tem estado deslocada em Itália e Espanha, cumprindo missões ao abrigo da cooperação entre os países da União Europeia.

A comitiva do Exército português será composta por sete paraquedistas do Regimento nº10 de Aveiro que fizeram parte da 4ª Força Nacional Destacada na República Centro Africana e regressaram em março deste ano da sua missão.

(Primeira foto enviada pelo ouvinte Da Silva Carlos Manuel)

A Marinha marcará presença com cerca de 15 militares, entre oficiais, sargentos e praças, tendo todos participado em missões de cooperação próxima com a França. Uma delas foi a Corymbe, no Golfo da Guiné, um exercício conjunto coordenado por França e por Espanha e a outra foi a escolta do mais novo porta-aviões da Armada francesa, o Charles de Gaulle, pela fragata Corte-Real.

 

td-main-content-wrap
Article précédent14 de julho. PR Macron vaiado durante descida protocolar dos Campos Elísios
Article suivantColete amarelo lusodescendente Jérôme Rodrigues detido em Paris