Missão Dragonfly. Nasa planeia enviar drone à maior lua de Saturno ‘Titan’

Publié le 28 juin 2019

Missão Dragonfly contém um drone quadricóptero que partirá em busca de sinais de vida em Titan, considerado um corpo celeste similar aos primórdios da Terra. A lua possui rios, lagos e mares líquidos na superfície, mas não de água.

 

 

A Nasa anunciou que planeia enviar um robô semelhante a um drone quadricóptero para Titan, a maior lua de Saturno. A missão intitulada Dragonfly (libélula) será lançada em 2026 e pretende aterrar em 2034 para enviar um drone a vários locais da lua em busca de componentes básicos para a existência de vida.

Titan é vista por cientistas como um corpo celeste que foi equivalente à Terra num passado distante. Além do nosso planeta, a maior lua de Saturno é o único corpo celeste conhecido por possuir rios, lagos e mares líquidos na sua superfície, embora estes contenham hidrocarbonetos como metano e etano, e não água.

 

 

“Visitar este misterioso mundo oceânico pode revolucionar o que sabemos sobre a vida no universo”, disse o administrador da Nasa, Jim Bridenstine, na quinta-feira (27/06). “Esta missão de vanguarda teria sido impensável há poucos anos, mas agora estamos prontos para o incrível voo da Dragonfly.”

 

 

Os custos de desenvolvimento da missão estão estimados em cerca de 850 milhões de dólares.

A agência espacial americana explicou que o veículo terá oito hélices e voará como um grande drone. “Durante a sua missão de base de dois anos e sete meses, ele vai explorar diversos pontos da Lua de Saturno, desde dunas orgânicas até ao solo de uma cratera onde água líquida e complexos materiais orgânicos-chave para a vida já estiveram juntos durante, possivelmente, dezenas de milhares de anos”, disse a Nasa.

“Os Seus instrumentos estudarão até onde a química prebiótica puder ter avançado e também investigará as propriedades atmosféricas e superficiais da lua e das suas reservas subterrâneas de oceanos e líquidos”, completou a Nasa em comunicado. “Além disso, os instrumentos procurão evidências químicas de vidas passadas ou ainda existentes.”

 

Alfa/Globo/NASA.


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background