Morreu Egídio Álvaro, crítico de arte, figura ímpar da arte alternativa em Paris nos anos 1970/80

Publié le 6 mai 2020

Informa a SNBA que ele era membro da Associação Internacional dos Críticos de Arte (AICA), desde 1972, fundou e dirigiu a Revista Artes & Letras (1973-1977) e que fez muito mais coisas.
Ele ligava pouco ou nada a esses títulos. Fumava e bebia. Mas, sobretudo gostava de tertúlias e de conservar. Sabia muito de arte – aprendi muito com ele, sobretudo a ver Arte.Maginalizou-se, ou as instituições marginalizaram-no, a certa altura. Mas não deixou de ser quem era : um grande crítico de arte, um senhor de quem tive a sorte de ter sido amigo e admirador.Daniel RibeiroDiagonale/espace critique
Un combat culturel
Egídio Álvaro


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background