Morreu o criador Pierre Cardin aos 98 anos

Publié le 29 décembre 2020

Nasceu italiano mas naturalizou-se francês, o criador de moda que criou a marca com o seu nome no início da década de 1950 morreu aos 98 anos.

 

É um dos últimos vultos da alta-costura europeia, mas é o precursor do pronto-a-vestir. Pierre Cardin nasceu em Itália, numa família pobre de agricultores que emigraram para França, onde o jovem cresceu e deixou a sua marca no mundo da moda.

Morreu aos 98 anos, nesta terça-feira, no hospital americano de Neuilly-sur-Seine, noticia o Le Figaro.

Pietro Costante Cardini, assim era o seu nome de baptismo, nasceu em 1922, em San Biagio di Callalta, Itália. Começou por estudar arquitectura, contudo, é no mundo da moda que dá largas à sua imaginação.

Na adolescência, aos 14 anos, deu os primeiros passos numa alfaiataria, em Saint-Étienne, mas é em Paris que trabalha, em 1944, com Madame Paquin — onde desenhou os figurinos e máscaras do filme A Bela e a Fera (1946), de Jean Cocteau —​, passa pelo atelier da italiana Elsa Schiaparelli e torna-se chefe do atelier dos alfaiates de Christian Dior, em 1947 .

Três anos depois, após ter sido recusado pela casa Balenciaga, cria a marca com o seu nome, Pierre Cardin, revolucionando o mundo da moda com a sua criatividade e espírito empreendedor.

Pierre Cardin revolucionou a alta-costura com as suas silhuetas circulares, formas esculturais e novos tecidos ou peles falsas — na época estas tornam-se motivo de escândalo. É também dos primeiros a pensar no conceito de roupa igual para homens e mulheres, assim como na ideia de pronto-a-vestir.

No pós-guerra, com André Courrèges (1923-2016) e Paco Rabanne (1934) são apelidados de “tríplice aliança” da moda francesa futurista. “Sempre tive a minha cabeça no futuro, sempre criei para os jovens”, declarou o homem que usou tecidos como o vinil e fez desenhos geométricos e futuristas, inspirados na conquista do espaço.

O seu trabalho é marcado pelas cores e pelos padrões pop. “A minha abordagem é como a de um escultor: primeiro crio formas e tento encaixar o corpo nelas”, revelou, citado pelo Le Monde.

Pierre Cardin anteviu a morte da alta-costura e, por isso, desenhava a pensar em todo o tipo de cliente.

É um dos precursores da moda unissexo e orgulhava-se do seu percurso feito a pulso, do filho de migrantes pobres para um mundo de luxo e esplendor.

Foi também um precursor — muito antes de marcas como a Gucci ou Calvin Klein —a criação de mais do que roupa. O seu carimbo chega a linhas de mobiliário, acessórios, roupa de cama e de mesa.

 

Com Jornal Público, Le Figaro e Le Monde.

 

 

Marqué comme

Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background
Powered by Live Score & Live Score App