Movimento dos “coletes amarelos”: c’est fini?

Publié le 1 juin 2019

Movimento dos “coletes amarelos” em França: c’est fini? Mobilização continua em baixa em França, onde os “coletes amarelos” se manifestam hoje pelo 29º sábado consecutivo. E já se fala no fim do movimento. Mas líderes apelam ao prosseguimento do movimento e marcaram nova manifestação dos “mutilados” para amanhã, domingo, em Paris

Alfa/Expresso. Por Daniel Ribeiro

Face à fraca mobilização – números do ministério do Interior apontavam para 2600 “coletes” nas ruas, ao início da tarde deste sábado, em toda em toda a França, 1300 dos quais em Paris – alguns comentadores prevêm o fim do movimento, a curto prazo.

A agência France Presse contabilizava neste sábado, à mesma hora, cerca de dois mil manifestantes nas ruas de Paris. No sábado passado, o ministério do Interior indicava que, às 14 horas locais, desfilavam em toda a França 3200 pessoas, 1200 das quais na capital.

No sábado passado o Governo contabilizou 12500 manifestantes em todo o território.

As manifestações dos que alguns chamam “os irredutíveis” decorriam sem graves incidentes até meio da tarde de hoje.

A mobilização tem decrescido nos últimos sábados e os resultados das eleições europeias do passado domingo, nas quais o partido do Presidente Macron chegou em segundo a 0,9 pontos do de Marine le Pen, poderão ter alguma influência negativa junto dos apoiantes do movimento.

Jérôme Rodrigues, luso-francês e uma das principais figuras do movimento, indicava este sábado que permanecem as razões para continuarem a manifestar-se, designadamente porque o poder de compra das camadas populares continua em baixa. Outros conhecidos militantes acrescentavam que as manifestações continuarão até pelo menos ao dia nacional francês, a 14 de julho. Alguns diziam pretender prosseguir até 17 de novembro, data em que a “revolta amarela” fará um ano.

Jérôme Rodrigues, que perdeu um olho numa das manifestações, em Paris, é um dos “mutilados” e, tal como outros que ficaram gravemente feridos durante os confrontos muito violentos que têm marcado os protestos, apela a um desfile – “marcha dos mutilados” – este domingo, na capital.

Esta nova manifestação vai decorrer depois do procurador de Paris ter assegurado, esta semana, que agentes policiais serão julgados por atos violentos contra manifestantes.

Desde o início do movimento, há mais de seis meses, 2448 pessoas foram feridas do lado dos “coletes” e 1797 do lado das forças da ordem, segundo números oficiais.

Na foto, Jérôme Rodrigues:


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background