Novo Governo é o maior desde 1976. E custa mais 7 milhões/ano do que o atual

Novo Governo custa mais sete milhões do que o atual – contas do jornal Correio da Manhã. O novo Governo de António Costa é o maior desde 1976, representando uma despesa de cerca de 71 milhões de euros nos cofres públicos.

O primeiro-ministro, António Costa, apresentou ao Presidente da República o maior Executivo governamental desde 1976.

O novo Governo terá 70 gabinetes no total, que representarão uma despesa anual de, pelo menos, 71 milhões de euros aos cofres públicos, mais sete milhões de euros do que o último.

As contas e a previsão foram feitas pelo Correio da Manhã, cruzando os números do atual Governo e orçamentos dos respetivos gabinetes com as despesas incluídas no Orçamento do Estado para 2019 — em linhas gerais, 64 milhões de euros para manter em funcionamento 60 gabinetes ministeriais. De acordo com o jornal, os ministros têm, no mínimo, uma verba de um milhão de euros, enquanto os secretários de Estado dispõem de uma verba a rondar os 700 mil euros, em média.

“Governos não se medem em função do número”, respondeu António Costa

O novo Governo inclui 19 ministros e 50 secretários de Estado.

É o maior número de todos os Governos Constitucionais.

Depois do maior número de ministros desde 1976, ficaram esta terça-feira a conhecer-se os secretários de Estado. Ao todo, o segundo Executivo de António Costa vai ter 70 governantes, acrescenta a SIC-Notícias.

td-main-content-wrap
Article précédentÁUDIO – José Alberto Reis NO “NUNCA É TARDE”
Article suivantLiga dos Campeões. Juventus bate Lokomotiv com sofrimento, Manchester City goleia Atalanta e ‘hat-trick’ de Mbappé na Bélgica