Os 20 anos da Google, a gigante da tecnologia que começou numa garagem

Publié le 4 septembre 2018

Em 1995, dois estudantes de 22 anos conheceram-se na Universidade de Stanford, no estado norte-americano da Califórnia. Os seus nomes eram Larry Page e Sergey Brin e, a partir dos seus dormitórios, desenvolveram um motor de pesquisa a que chamaram Backrub, nome que viria a ser alterado pouco tempo depois.

Não demorou muito até que o projeto despertasse a atenção de investidores da área das tecnologias e, dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou aos dois jovens um cheque no valor de 100 mil dólares (cerca de 86 mil euros) que oficializou a fundação da empresa. Nesse dia, há precisamente 20 anos, fez-se história: a Google nasceu.

Depois de Bechtolsheim, co-fundador da então fabricante de computadores Sun Microsystems, ter investido na Google a 4 de setembro de 1998, Larry Page e Sergey Brin deixaram de trabalhar nos seus dormitórios e passaram para uma garagem arrendada à amiga Susan Wojcicki, atual diretora executiva do YouTube.

A garagem era pequena, com uma carpete azul a forrar o chão onde os caixotes de cartão se amontoavam, com uma mesa de pingue-pongue encostada a um canto e alguns computadores colocados sobre secretárias frágeis.

Ao fim de seis meses de trabalho árduo neste cenário pouco convencional, a Google tinha já alcançado os sete funcionários.

As dimensões da garagem tornaram-se insuficientes para o pessoal e tiveram de se mudar para novas instalações, na cidade californiana de Palo Alto. Agora, 20 anos mais tarde, a empresa possui mais de 60 mil funcionários em mais de 50 países, tendo a sua sede na cidade de Mountain View, na Califórnia.

Googleplex é o nome do complexo de edifícios que, desde 2004, compõem a sede, ocupando uma área de 290 mil metros quadrados, o equivalente a cerca de 41 campos de futebol.

Em Portugal deverá abrir, ainda este ano, um centro de operações da Google que empregará cerca de 500 pessoas, conforme foi anunciado em janeiro por António Costa.

De acordo com as estatísticas, em 2017 a Google possuía 86.87 por cento da quota do mercado mundial dos motores de pesquisa. Num só minuto são realizadas, em média, mais de quatro milhões de pesquisas.

Desde o início que Page e Brin pareciam já adivinhar a grandiosidade daquele que viria a ser o motor de busca mais conhecido do mundo. Em 1998 decidiram substituir o nome da empresa, então chamada Backrub, para “Google”, palavra baseada na expressão matemática Googol, que representa o dígito um seguido por 100 zeros.

No mesmo ano surgiu o primeiro dos doodles, desenhos especialmente elaborados para celebrar datas importantes e que são apresentados no logotipo da Google ao abrir a página de pesquisa.

Alfa/RTP.


Opinions des lecteurs

Laisser un commentaire


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background