Pais desistiram. Máquinas desligadas. Vincent Lambert vai morrer

Publié le 9 juillet 2019

“A morte de Vincent Lambert é inevitável”. Máquinas desligadas.

Familiares mais próximos do enfermeiro francês de 42 anos desistem da luta jurídica, que durou mais de uma década, para manter vivo Vincent Lambert.

Os sucessivos processos em tribunal interpostos pelos pais chegaram ao fim.

Passados seis anos, as máquinas que mantinham o enfermeiro francês que teve um acidente em 2008 em estado vegetativo são hoje completamente desligadas.

A luta pelo direito à morte de Vicent Lambert tornou-se um símbolo da discussão sobre a morte digna em França.

Os pais de Vincent Lambert, o enfermeiro francês que ficou tetraplégico depois do acidente rodoviário, anunciaram esta segunda-feira que as máquinas que o mantêm vivo iam ser completamente desligadas no dia seguinte.

Lambert deixou de receber tratamentos médicos na passada terça-feira, após decisão do Supremo Tribunal ter decretado o fim da “hidratação e nutrição do paciente”, bem como da “sedação profunda do doente”.

 


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background