Pequim2022: Cinco medalhas colocam Quentin Fillon Maillet na história do biatlo

O francês Quentin Fillon Maillet somou esta terça-feira a quinta subida ao pódio nos Jogos Olímpicos de Inverno, tornando-se o atleta de biatlo mais medalhado na mesma edição da competição, ao alcançar a prata na estafeta masculina 4×7,5 km.

Fillon Maillet, que se junta a um restrito lote de 12 atletas com cinco subidas ao pódio na mesma edição de Jogos de Inverno, venceu, em Pequim, mais duas pratas e duas medalhas de ouro, e vai ainda disputar uma prova na sexta-feira.

Na prova que deu a prata a Maillet, Johannes Boe, que integrou o quarteto norueguês, alcançou o seu terceiro ouro e a quarta medalha nos Jogos Pequim2022. A Rússia, que compete sob a bandeira do seu comité olímpico, alcançou o bronze.

Na prova de big air, que encerrou o programa olímpico do snowboard, Su Yiming, de 17 anos, alcançou o ouro, que junta à prata conquistada em slopestyle, e deu à China o seu primeiro título olímpico na modalidade.

Su Yiming partilhou o pódio com o norueguês Mons Roisland, medalha de prata, e com o canadiano Max Parrot, que conquistou o bronze, dias depois de se ter sagrado campeão olímpico de slopestyle.

Ainda no snowboard, a austríaca Anna Grasser revalidou o título de big air, conquistado há quatro anos em PyeongChang, impondo-se à neozelandesa Zoi Sadowski Synott, que alcançou a prata, e à japonesa Kokoma Murase, que ficou com o bronze.

Na prova rainha do esqui alpino feminino, a descida, a suíça Corinne Suter juntou o título olímpico ao mundial, partilhando o pódio com as italianas Sofia Goggia e Nádia Delago, medalhas de prata e bronze, respetivamente.

Sofia Goggia, que defendia o título olímpico conquistado em 2018, chegou aos Jogos Pequim2022 depois de uma recuperação em tempo recorde de uma lesão ao joelho, que há cerca de três semanas a obrigava a utilizar muletas.

 

Com Agência Lusa.

td-main-content-wrap
Article précédentUcrânia: Rússia pronta para discutir medidas de construção de confiança – Putin
Article suivantRui Costa acaba Volta a Omã no terceiro lugar após sexta e última etapa