Polícia de Las Vegas pede a Itália ADN de Cristiano Ronaldo

Publié le 10 janvier 2019

A polícia de Las Vegas, Estados Unidos, solicitou uma ordem judicial para a obtenção do ADN de Cristiano Ronaldo, para o comparar com o encontrado num vestido de Kathryn Mayorga, que o acusa de violação.

Segundo o Wall Street Journal, que hoje cita fontes próximas do processo, as autoridades norte-americanas requereram a um juiz italiano, atual país de residência do português, desde que passou a ser jogador da Juventus, que permita recolher uma amostra do ADN, para ver se corresponde ao do caso da alegada violação de 2009.

Segundo Kathryn Mayorga, o jogador da Juventus pagou-lhe 375 mil dólares para manter o encontro entre ambos em segredo. A defesa de Cristiano Ronaldo, através do advogado Peter Christien, sustenta que o que se passou foi por mútuo acordo.

Já a versão da acusação refere que o jogador, que estava de férias em Las Vegas, conheceu Mayorga num clube noturno e convidou-a para uma festa numa suite, onde viria a abusar sexualmente dela, apesar dela lhe pedir para parar. No final do ato, Ronaldo terá pedido desculpa e dito que habitualmente é um cavalheiro.

Alfa/Lusa.


Opinions des lecteurs

Laisser un commentaire


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background