Portugal mantém nono lugar no ranking da FIFA, Argentina assume vice-liderança

A seleção portuguesa vai fechar 2022 no nono lugar do ranking da FIFA, enquanto a recém-consagrada campeã mundial Argentina subiu à vice-liderança, atrás do Brasil, informou hoje o organismo que regula o futebol mundial.

De acordo com a primeira atualização divulgada pela FIFA após o Campeonato do Mundo, Portugal não registou qualquer alteração na posição relativamente à lista anunciada em 06 de outubro.

Desde então, a equipa das ‘quinas’ venceu um particular diante da Nigéria e os encontros do Mundial2022 com Gana, Uruguai e Suíça, tendo ainda registado duas derrotas, com Coreia do Sul e Marrocos, sendo que esta última ditou a eliminação nos quartos de final da competição.

A liderança do ranking continua na posse do Brasil, que também caiu nos ‘quartos’ do Mundial, mas os ‘canarinhos’ têm agora na ‘peugada’ a Argentina, que subiu ao segundo posto, poucos dias depois de ter erguido o troféu de campeã mundial, ao vencer na final a França, que é agora terceira classificada.

A Bélgica, que entre 2018 e março deste ano chegou a ocupar a primeira posição da hierarquia, mas que não passou da fase de grupos do Mundial2022, desceu da vice-liderança para o quarto posto, à frente da Inglaterra, quinta, dos Países Baixos, sextos, e da Croácia, que subiu cinco posições, para sétimo, ao arrecadar o ‘bronze’ no Campeonato do Mundo.

Itália, oitava colocada, e Espanha, 10.ª, completam o top-10 do ranking da FIFA, com Marrocos a surgir logo a seguir, no 11.º lugar. Os marroquinos, que se tornaram na primeira seleção africana a atingir as meias-finais de um Mundial, em que ficaram no quarto posto, registaram uma subida de 11 posições, já que em outubro estavam em 22.º.

Entre as seleções lideradas por técnicos portugueses, a Nigéria, de José Peseiro, desceu do 32.º para o 35.º lugar, o Egito, de Rui Vitória, manteve o 39.º, e o Togo, de Paulo Duarte, continua em 127.º.

Por outro lado, a Coreia do Sul, que foi liderada por Paulo Bento até à eliminação dos sul-coreanos nos ‘oitavos’ do Mundial2022, subiu do 28.º posto para o 25.º, enquanto o Irão, que Carlos Queiroz conduziu à mesma fase da prova, antes de sair do comando técnico, caiu da 20.ª para a 24.ª posição.

No que diz respeito aos países de língua oficial portuguesa, Cabo Verde (72.º) e Guiné-Bissau (118.º) desceram uma e duas colocações, respetivamente, ao contrário de Angola, que subiu da 119.ª para a 117.ª, e de Moçambique (114.º) e São Tomé e Príncipe (186.º), que mantiveram os lugares relativamente a outubro.

Macau continua em 182º e Timor-Leste é agora 197º.

 

– Ranking da FIFA:

1. (1) Brasil, 1.841 pontos.

2. (3) Argentina, 1.838.

3. (4) França, 1.823.

4. (2) Bélgica, 1.781.

5. (5) Inglaterra, 1774.

6. (8) Países Baixos, 1.741.

7. (12) Croácia, 1.728.

8. (6) Itália, 1.724.

9. (9) PORTUGAL, 1.703.

10. (7) Espanha, 1.693.

(…)

72. (71) Cabo Verde, 1.336.

114. (114) Moçambique, 1.164.

117. (119) Angola, 1.159.

118. (116) Guiné-Bissau, 1.159

182. (182) Macau, 922.

186. (186) São Tomé e Príncipe, 909.

197. (198) Timor-Leste, 860.

 

Com Agência Lusa.

td-main-content-wrap
Article précédentFC Porto vence Gil Vicente e está na meia-final da Taça da Liga
Article suivantPortagens aumentam 4,9% já a partir do dia 1 de janeiro