« Portugal não deve financiar associações que só organizam bailaricos ». Opinião

Abriu o prazo para as associações portuguesas no estrangeiro se candidatarem a apois financeiros de Portugal.

Mas só as que organizam bastante mais do que bailaricos poderão e deverão ter esses apoios: « Claro que Portugal não deve financiar bailaricos », diz Carlos Pereira, jornalista e diretor do Lusojornal.

Crónica para ouvir, na Rádio Alfa, nesta quinta-feira, 07, alguns minutos antes das 7, 9,11, 15, 17 e 19 horas.

td-main-content-wrap
Article précédentNovo Banco: solução para emigrantes lesados do BES receberem 47% dos investimentos?
Article suivantXutos & Pontapés editam compilação pelos 40 anos