Portugal. Testes para quem viaja com Certificado Covid vão contra recomendação da UE?

BRUSSELS, BELGIUM - OCTOBER 24: The European Commission building is pictured on October 24, 2014 in Brussels, Belgium. Alongside criticism from outgoing European Commission president Jose Manuel Barroso on the UK's stance on EU immigration and a plan to quit the European Court of Human Rights, the UK has now been told to pay an extra ?1.7bn GBP (2.1bn EUR) towards the EU's budget because its economy has performed better than expected. (Photo by Carl Court/Getty Images)

Covid-19: Bruxelas está a analisar novas medidas de contenção em Portugal

Alfa/ com Lusa e Expresso

Bruxelas está a analisar imposição de teste negativo a quem viaja para Portugal (o que contraria a recomendação europeia).
« Em causa está a decisão anunciada pelo Governo português que contraria a recomendação europeia de não ser necessário um teste negativo para quem viaja com certificado covid, desde logo por estar vacinado », escreve o Expresso.
whatsapp sharing buttonTambém a agência Lusa informa que a Comissão Europeia vai a analisar as novas medidas anunciadas pelo Governo.

« No dia seguinte ao Conselho de Ministros ter adotado novas medidas para responder ao agravamento da pandemia de covid-19 em Portugal, entre as quais a imposição de um teste a todos os cidadãos que cheguem a território nacional, um porta-voz do executivo comunitário escusou-se a responder se tal contraria a proposta de recomendação que a Comissão emitiu horas antes no sentido de os cidadãos vacinados não serem submetidos a restrições adicionais », escreve a agência portuguesa.

“Neste momento, não dispomos de informação completa sobre as medidas que estão previstas ou vão ser implementadas por Portugal. Claro que as vamos analisar, estamos a analisar o que já existe, e só depois poderemos fornecer uma avaliação”, declarou o porta-voz Adalbert Jahnz, durante a conferência de imprensa da Comissão.

O mesmo porta-voz admitiu que, “em termos gerais”, a recomendação do Conselho aponta para que “não deve ser exigido um teste” a quem está vacinado “a não ser que venha de uma zona ‘vermelho-escura’ [de alto risco]”, mas insistiu que a Comissão não está ainda em condições de se pronunciar, dado desconhecer especificamente todas as medidas.

“Não podemos comentar nenhuma medida específica até que façamos uma avaliação adequada da mesma e tenhamos informação exaustiva sobre a mesma e as razões que levaram à sua adoção”, afirmou, segundo a Lusa.

Recorde-se que a apresentação de um teste negativo vai passar a ser obrigatória para todos os vijantes que chegam a Portugal por via aérea, terrestre, marítima ou fluvial a partir de 01 de dezembro, “seja qual for o ponto de origem e seja qual for a nacionalidade do passageiro”, e mesmo que sejam portadores do certificado digital covid-19 da UE, segundo anunciou ontem o Primeiro-ministro de Portugal, António Costa.

td-main-content-wrap
Article précédentBerta Nunes confirma testes obrigatórios para entrar em Portugal e fala do Natal « em segurança » – exclusivo Alfa
Article suivantJudoca Telma Monteiro conquista medalha de ouro no Grand Slam de Abu Dhabi