Portugueses nas manifestações. 114 mil pessoas em França contra Passe Sanitário e Vacinação

Protestors take part in a demonstration against the new coronavirus safety measures including a compulsory health pass called for by the French government, in Paris on July 17, 2021. People gathered in several French cities to protest against the decision announced earlier in the week by the government obliging health workers to get vaccinated against Covid-19, and for citizens to bring in a vaccine health pass for most public places. / AFP / GEOFFROY VAN DER HASSELT

Foto de abertura: Manifestation contre le passe sanitaire à Paris, samedi 17 juillet 2021. 

Manifestantes protestam nas ruas de França contra novas medidas sanitárias

Milhares de pessoas desceram às ruas este sábado em Paris e outras cidades francesas (em 136 concentrações pelo menos) para protestarem contra as novas medidas sanitárias anunciadas pelo governo.

Num discurso, há dias, o presidente Emmanuel Macron anunciou a obrigatoriedade de vacinação para os profissionais de saúde assim como o recurso ao passe sanitário (certificado digital covid) para acesso a certos transportes públicos, restaurantes, outros eventos (culturais ou desportivos) em espaços fechados e mais facilidade para viagens ao estrangeiro.

Sobre as manifestações de hoje, o jornal Le Monde e a AFP citaram alguns manifestantes portugueses:

« Je suis née au Portugal sous la dictature de Salazar, je ne veux pas qu’on revive ça », a dit Fernanda, 53 ans, soutien de Florian Philippot (um dissidente do partido RN, de Marine le Pen).

Alguns dos manifestantes evocaram um « golpe de estado sanitário » e um « abuso de poder sem precendentes » e outros denunciaram uma « ditadura ».

 

td-main-content-wrap
Article précédentTóquio2020: Selecionador de andebol considera “penoso” o cancelamento da viagem
Article suivantCheias. Número de mortos na Europa sobe para pelo menos 183, 156 na Alemanha