Premiado « Grand Tour », de Miguel Gomes abre Festival de Marselha. Fime de Ico Costa em competição

Cinema. Miguel Gomes abre Festival de Marselha que tem filme de Ico Costa em competição

 

O filme “O Ouro e o Mundo”, do realizador português Ico Costa, está na competição do Festival de Cinema de Marselha, que tem início hoje com o recèm-premiado em Cannes “Grand Tour”, de Miguel Gomes, como filme de abertura.

Selecionado para a competição internacional, “O Ouro e o Mundo” é a segunda longa-metragem de Ico Costa e foi rodado em Moçambique, onde o realizador tem trabalhado em anos recentes.

“O Ouro e o Mundo” fará a estreia internacional em contexto de festival em Marselha, poucas semanas depois de ter sido premiado como Melhor Longa-Metragem Portuguesa no festival IndieLisboa.

Sobre a produção de “O Ouro e o Mundo”, com coprodução francesa, Ico Costa explicou que o filme foi adiado várias vezes por causa da pandemia da covid-19 e as circunstâncias no terreno acabaram por ditar que fosse feito com “uma equipa pequena e equipamento mínimo”.

Na competição internacional está também o filme austríaco “It is at this point that the need to write history arises”, de Constanze Ruhm, com coprodução minoritária portuguesa, e a produção brasileira “Parque de diversões”, de Ricardo Alves Jr.

Nas restantes secções competitivas, há ainda duas coproduções minoritárias nacionais: “Habits d’Automne”, curta-metragem francesa de Yohei Yamakado, e “Bienvenidos conquistadores interplanetários y del espacio sideral”, longa-metragem colombiana de Andrés Jurado.

Está ainda prevista uma retrospetiva do cinema do realizador brasileiro Adirley Queirós e da realizadora portuguesa Joana Pimenta.

O festival termina no dia 30.

Alfa/ com Lusa

Article précédentDuas lusodescendentes no ‘Rallye Aïcha des Gazelles 2025’ em Marrocos
Article suivantEstá em Portugal no dia 9 de Agosto? Não perca a Raia Cup! Com o apoio da Rádio Alfa!