Presidenciais francesas. « A surpresa foi que não houve surpresa ». Revista de imprensa francesa

« A surpresa foi que não houve surpresa »

“Macron e le Pen na segunda volta. Atrás deles, vericfica-se um caos político”, escreve Le Monde. “Os dois finalistas varreram as forças republicanas tradicionais da V República”, acrescenta este jornal.

Le Figaro afirma que o “duelo vai ser apertado” entre Marine le Pen e Emmanuel Macron e acrescenta: “a surpresa foi que não houve supresa”.

Já o Libération afirma que o Presidente arranca para uma segunda volta “sob alta tensão face a uma Marine le Pen que dispõe, ao contrário dele, de uma reserva de votos no campo de Éric Zemmour”.

Quanto ao Le Parisien diz que é necessário que o antigo Presidente Nicolas Sarkozy fale antes da votação da segunda volta, citando um dirigente de Os Republicanos, partido que ele fundou e cuja candidata Valérie Pécresse foi claramente derrotada na primeira volta. O duelo Macron-Marine assemelha-se ao de 2017, “mas muitos dados mudaram, que poderão modificar a lógica das transferências de votos e os apelos à ‘frente republicana’”.

 

Consulte os resultados por cidade aqui.

td-main-content-wrap
Article précédentSondagens apontam para vitória de Macron na segunda volta. Mas duelo com le Pen será renhido
Article suivantFrança/Eleições: Macron com 27,84% e Le Pen 23,15% vão à 2.ª volta – Resultados definitivos