Príncipe Harry manifesta “tristeza” por abandonar deveres reais. “Mas não havia outra opção”

Publié le 20 janvier 2020

Príncipe Harry manifesta “tristeza” por abandonar deveres reais mas diz que não havia “outra opção”

Foto CHRIS JACKSON/GETTY IMAGES FOR SENTEBALE

Falando “não como príncipe ou duque, mas como Harry”, disse ter encontrado “o amor e a felicidade” com Meghan. O casal perde os títulos reais, terá de devolver €2,8 milhões e não receberá mais fundos públicos. O duque deverá voar para o Canadá nos próximos dias para se juntar a Meghan e ao bebé Archie. A Netflix já mostrou interesse em trabalhar com eles

Alfa/Expresso. Por Hélder Gomes

 

O príncipe Harry expressou este domingo a sua “tristeza” pela decisão de abandonar os deveres reais naquela que foi a sua primeira declaração pública sobre o assunto. O duque de Sussex disse ter-se tratado de um “salto de fé”.

Num jantar privado em Londres para a sua instituição de caridade Sentebale, Harry esclareceu: “A nossa esperança era continuar a servir a rainha, a Commonwealth e as minhas associações militares sem financiamento público. Infelizmente, isso não foi possível.”

A decisão não foi tomada “de ânimo leve”, garantiu, mas não havia “outra opção”. Falando “não como um príncipe ou um duque, mas como Harry”, disse ter encontrado “o amor e a felicidade” com Meghan. “Conhecem-me bem o suficiente para confiarem que a mulher que escolhi como minha esposa defende os mesmos valores que eu. E ela fá-lo”, acrescentou.

Segundo o acordo anunciado no sábado, os novos títulos serão apenas “Harry, duque de Sussex” e “Meghan, duquesa de Sussex”. O casal terá de devolver os 2,4 milhões de libras (cerca de 2,8 milhões de euros) gastos na renovação da Frogmore House, a sua residência oficial em Windsor. Também não receberá mais fundos públicos, ainda que continue a ser financiado de forma privada por Carlos, príncipe de Gales.

“CONTINUAREI A SER O MESMO HOMEM QUE PREZA O SEU PAÍS”

Harry deixou ainda a garantia de que ele e Meghan vão continuar “a levar uma vida de serviço” e manifestou a sua gratidão à rainha e ao resto da sua família pelo apoio. “Continuarei a ser o mesmo homem que preza o seu país e dedica a sua vida a apoiar as causas, instituições de caridade e comunidades militares que são tão importantes para mim”, prometeu.

O duque deverá voar para o Canadá nos próximos dias para se juntar a Meghan e ao bebé Archie. O casal tenciona passar a maior parte do seu tempo lá, começando vidas independentes e livres de qualquer supervisão financeira da família real.

A Netflix é uma das empresas de olho em Harry e Meghan. Citado pelo jornal “The Guardian”, o diretor de conteúdos da plataforma de streaming, Ted Sarandos, afirmou: “Quem não estaria interessado? Sim, claro.”


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background