Professor decapitado. 9 pessoas detidas pela polícia

Publié le 17 octobre 2020

Terrorismo em França. Polícia já deteve nove pessoas relacionadas com decapitação de um professor em Conflans-Sainte-Honorine, nos arredores de Paris . Segundo a AFP, cinco foram presas na última madrugada, quatro ontem, dia do crime terrorista.

Prossegue em França a investigação à decapitação de um professor de história, perto de um colégio, nos arredores de Paris.

No total foram efetuadas nove detenções, segundo a agência France-Presse, AFP.

Entre as cinco pessoas agora detidas estão os pais de um estudante do colégio de Bois d’Aulne, em Conflans-Sainte-Honorine, arredores da capital do país, onde a vítima trabalhava.

Algumas das pessoas detidas tiveram uma discussão com o professor sobre caricaturas de Maomé que o docente tinha mostrado na aula.

Estas cinco detenções juntam-se às outras quatro já ocorridas em Evreux (noroeste), incluindo um menor, do círculo familiar do suspeito.

A identidade do agressor, no qual foi encontrado um documento de identidade, também foi confirmado pelos investigadores, segundo fonte judicial, e trata-se de um russo checheno de 18 anos, nascido em Moscovo, sem antecedentes criminais.

Leia mais aqui: 

Professor decapitado em França. Um ato terrorista, diz PR Macron


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background
Powered by Live Score & Live Score App