Professor decapitado. PM Costa solidário com PR Macron

Publié le 26 octobre 2020

António Costa expressa “solidariedade” a Emmanuel Macron “na defesa das liberdades fundamentais em França” após assassínio do professor Samuel Paty.

A mensagem de solidariedade do chefe do Governo  português foi feita através da rede twitter.

Outros dirigentes europeus fizeram o mesmo, incluindo a presidência da Turquia, apesar das fortes críticas do Presidente Recep Tayyip Erdogan ao Presidemte francês sobre a forma como tem tratado os muçulmanos em França.

Erdogan chegou a dizer que Macron precisa de tratamento para uma doença mental, o que abriu uma crise entre a Turquia e a França.

A mensagem do primeiro-ministro português desta segunda-feira sobre o atentado de há dez dias foi esta:  “Expresso a minha solidariedade ao Presidente Emmanuel Macron na defesa das liberdades fundamentais em França, face à retórica de confronto que visa também o modelo europeu de tolerância”.

Também o Grupo Parlamentar do PSD apresentou Voto de Pesar na Assembleia portuguesa pela morte do Prof. Samuel Paty.

“A Assembleia da República exprime o seu mais profundo pesar pelo assassínio do professor Samuel Paty, exprimindo os seus sentimentos à sua família, amigos e alunos, manifesta a solidariedade com a França e com o povo francês e condena mais este ataque terrorista contra alguém que ensinava os valores da liberdade de expressão e da tolerância religiosa”, lê-se num comunicado do PSD assinado, entre outros, por Carlos Gonçalves e José Cesário.


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background
Powered by Live Score & Live Score App