«Sábado»: Megainquéritos de alegada fraude fiscal no futebol português

Publié le 6 février 2020

Revista adianta que vantagem patrimonial obtida ilegalmente pelo FC Porto pode chegar aos 20 milhões de euros, mas investigações também envolvem Benfica, SC Braga, Estoril, V. Guimarães, Portimonense, Marítimo e Sporting.

 

 

A revista «Sábado» noticia, na edição desta semana, que o Ministério Público (MP) e a Autoridade Tributária (AT) têm cinco megainquéritos a decorrer, por suspeitas de fraude fiscal e branqueamento de capitais em transferências que envolveram alguns dos principais emblemas do futebol português.

Embora faça referência também a Benfica, Sp. Braga, Estoril, Vitória de Guimarães, Portimonense, Marítimo e Sporting, a publicação adianta que o processo-crime mais adiantado é aquele que envolve o FC Porto, e que pode implicar uma vantagem patrimonial ilegal na ordem dos 20 milhões de euros.

A «Sábado» faz referência a quinze transferências do emblema liderado por Pinto da Costa, como Jackson Martínez, Radamel Falcao, James Rodríguez ou Danilo.

O FC Porto reagiu em comunicado divulgado ainda na noite de quarta-feira, assim que começaram a surgir informações sobre a reportagem da Sábado. O texto garante que «nunca a FC Porto SAD e/ou o presidente do seu Conselho de Administração foram interpelados, ouvidos ou interrogados em qualquer tipo de inquérito ou diligência judicial similar sobre qualquer uma destas matérias».

A reportagem faz referência também a alguns negócios do Benfica que estarão sob investigação, como as contratações de Carrillo, Pizzi, Jiménez, Júlio César, Ola John e Jonas. Contactada pelo Maisfutebol, fonte do Benfica garantiu que a SAD encarnada também desconhece qualquer investigação, e como tal nem está prevista qualquer reação formal.

O Sp. Braga é que reagiu em comunicado, já nesta quinta-feira, para afiançar que «desconhece qualquer investigação em curso e que não recebeu nenhum contacto das autoridades no sentido de prestar qualquer informação adicional àquela que é de acesso público e que está devidamente verificada e validada pelos auditores e pelos reguladores, bem como pelas regulares fiscalizações da Autoridade Tributária».

A «Sábado» fala em 40 alvos envolvidos nestes megainquéritos, e faz referência ao empresário Jorge Mendes e à esposa deste, assim como a Carlos Osório de Castro, empresário que trabalha com a Gestifute.

 

Alfa/Revista Sábado/MaisFutebol.

 

Marqué comme

Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background