Secção do PS de Paris coloca questões ao Governo. Partidos devem ter secções fortes no estrangeiro

(Foto de abertura da página FB do PS, Secção de Paris, île de France)

A propósito de uma reunião da secção do PS da região de Paris, onde foram colocadas questões importantes ao Governo do seu partido: por exemplo,  a quarentena obrigatória em Portugal para os portugueses residentes no estrangeiro já vacinados ou os apoios às associações. 

A reunião decorreu por videoconferência com o deputado socialista pelo círculo da Europa, Paulo Pisco.

É importante que os partidos portugueses tenham secções fortes no estrangeiro, para poderem transmitir mensagens aos seus dirigentes em Portugal e assim influenciarem a política para as Comunidades.

Opinião de Carlos Pereira, jornalista e diretor do Lusojornal, numa crónica para ouvir, na Rádio Alfa, na quinta-feira, 06, às 2h30 – 5h45 – 6h45 – 10h30 – 13h15 – 16h15 – 20h00.

Ou aqui: 

 

td-main-content-wrap
Article précédentSecretária de Estado das Comunidades destaca aposta no ensino do português no estrangeiro
Article suivantCovid-19/Portugal. 2 mortos e 387 infetados em 24h