“Somos mais pobres do que os franceses mas respeitamos mais as regras de segurança”

Publié le 23 mai 2020

“Somos mais pobres do que os franceses mas respeitamos mais as regras de segurança”, sentencia a reformada, de 74 anos, que não gostou de ver pessoas sem máscara nos mercados de Paris.

Uma declaração de uma passageira vinda de França, onde teve de estar mais tempo do pensava com a filha porque o espaço aéreo esteve encerrado, no Expresso (semanário) de hoje: 

 

“No avião segue Maria Silva, que já perdeu a conta às vezes que passou álcool gel pelas mãos. Vai para Penafiel, depois de ter passado umas semanas extra em França, em casa da filha, porque o espaço aéreo esteve encerrado. “Somos mais pobres do que os franceses mas respeitamos mais as regras de segurança”, sentencia a reformada, de 74 anos, que não gostou de ver pessoas sem máscara nos mercados de Paris.

As saudades de ir à missa ou de ver a campa do falecido marido sobrepõem-se às inseguranças de quem faz tantos quilómetros pelo ar em tão poucas horas, nos primeiros voos pós-covid-19. “Estou numa idade perigosa. A minha neta, que é médica no Hospital de São João, tem-me telefonado hora a hora a saber se ando de máscara e se estou suficientemente afastada das outras pessoas. Acho que tenho cumprido.”


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background