Steve Maia Caniço. Confrontos e barricadas em Nantes

Publié le 3 août 2019

Cenas de violência desde o início da tarde em manifestação em memória de Steve Maia Caniço morto naquela cidade da costa oeste francesa  há mais de cinco semanas.

Centenas de jovens manifestam-se desde o início da tarde, em Nantes, na costa oeste francesa, para condenar as “violências policiais” e designadamente a morte do lusodescendente, Steve Maia Caniço, 24 anos.

Steve caiu ao rio Loire, com mais outros 13 jovens, na noite de 21 para 22 de junho, durante uma controversa operação policial para pôr fim a um concerto. O seu corpo apenas foi encontrado, a boiar no rio Loire e em avançado estado de decomposição mais de cinco semanas depois de ter desaparecido.

As manifestações em memória de Steve foram proibidas no centro da cidade, hoje, em Nantes, mas centenas de jovens começaram a erigir e incendiar barricadas desde antes das 14 horas.

A polícia já lançou dezenas de bombas de gás lacrimogéneo e os confrontos prosseguiam cerca das 16h locais (menos uma hora em Lisboa).

Foram incendiadas várias barricadas e mobiliário urbano. Alguns comércios também foram vandalizados.

Na manifestação participam jovens esquerdistas radicais, militantes humanistas e também representantes dos “coletes amarelos”, apesar de poucos terem vestido o respetivo colete.

Foto de abertura: AFP/Jean-François Monnier


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background