Trump aponta fim do coronavírus para abril: “O calor geralmente mata este tipo de vírus”

Publié le 10 février 2020

Trump aponta fim do coronavírus para abril: “O calor geralmente mata este tipo de vírus” – Expresso

ANDREW CABALLERO-REYNOLDS/GETTY IMAGES

Declarações do Presidente norte-americano tiveram lugar na Casa Branca à margem de um encontro com governadores. Em declarações à SIC Notícias, Graça Freitas, diretora-geral da Saúde, contextualiza as declarações de Trump: “Afastarmo-nos do inverno é favorável. (…) Mas isto não é matemática”

Depois de acusar a União Europeia de ter sido formada para ferir os EUA e de abordar o tema NATO, que Donald Trump terá evitado de ir ao fundo, segundo o próprio, o Presidente dos Estados Unidos disse esta segunda-feira que prevê o fim do coronavírus para abril.

“Há muita gente a pensar que [o vírus] desaparecerá em abril, com o calor. Quando o calor chega. Desaparecerá em abril. Estamos em grande forma. Temos 11 casos, muitos deles estão em boa forma”, disse Trump à margem de um encontro com os governadores norte-americanos, na Casa Branca. E voltou a insistir: “Em abril, ou durante o mês de abril, o calor geralmente mata este tipo de vírus, por isso pode ser uma coisa boa”.

Graça Freitas, a diretora-geral da Saúde, confirmou esta tarde à SIC Notícias que o aumento das temperaturas será favorável, embora o caso “não seja matemática”, e contextualizou as declarações de Trump. “O que é diferente quando [um vírus sazonal destes] emerge pela primeira vez? Tem mais capacidade de se propagar mesmo fora da estação em que se sente mais confortável, mas nós sabemos que, apesar de tudo, continua a ser um vírus que se dá bem com temperaturas baixas”, começou por dizer, confirmando que os coronavírus são habitualmente de inverno.

E continuou: “À medida que as temperaturas vão aumentando, na China e não só, obviamente que nestas doenças é um ganhar tempo. Se ganharmos tempo em relação à estação em que o vírus se propaga, melhor. Se ganharmos tempo conseguindo a fabricação de uma vacina, se ganharmos tempo para que não haja focos fora do país [China], é possível conter estas situações. Mas é uma espécie de corrida da dinâmica do vírus”, entre a “dinâmica de propagação” com as medidas que os países vão tomando.

“Afastarmo-nos do inverno é favorável”, confirma Graça Freitas. “O vírus dá-se melhor com temperaturas mais baixas. (…) Agora hár tempo ao vírus. Vamos esperar que as temperaturas de facto aumentem, que ele não se dê bem com temperaturas mais elevadas. Terá sido por isso que o Presidente dos Estados Unidos fez essa declaração, mas isto não é matemática. O vírus quando aparece pela primeira vez tem uma pujança superior a um vírus sazonal que já tem o seu ecossistema definido.”

O Presidente norte-americano garantiu ainda que o país está “preparado” para abordar a epidemia que já matou mais de 900 pessoas e deixou infetadas pelo menos 40 mil.

 


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background