A fada boa não estava com Carlos Soares, morto por uma bala perdida em Pontoise. Crónica

O caso da morte do português Carlos Soares, de 34 anos, que foi abatido por uma bala perdida, durante uma violenta rixa nos arredores de Pontoise.

Depois da notícia ter sido divulgada pelo Lusojornal, o Presidente da República portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, telefonou a Pauline Soares, jovem viúva do português, a quem apresentou condolências em nome de Portugal.

Carlos Pereira, jornalista e diretor do jornal, diz que o português de Guimarães, apreciado por toda a gente e que não estava ligado a qualquer gangue, estava no sítio errado na hora errada.

Crónica para ouvir na Rádio Alfa, na quinta-feira, 08, às 2h30 – 5h45 – 6h45 – 10h30 – 13h15 – 16h15 – 20h00.

Ou aqui:

 

Carlos Pereira:

PR Marcelo Rebelo de Sousa: