Alemães e franceses dominaram investimentos em Portugal com o apoio do Estado

Publié le 18 janvier 2020

Alemães e franceses dominaram investimentos em Portugal com o apoio do Estado. Valor de investimentos estrangeiros contratualizados com AICEP em 2019 compensou queda de portugueses e permitiu uma subida residual e novo recorde, de 1172 milhões de euros. A notícia é dada pelo jornal Público.

Foto
António Costa cumprimenta o presidente da AICEP, Luís Castro Henriques Foto RUI GAUDÊNCIO

“O investimento directo estrangeiro (IDE) captado para o mercado nacional através da AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal) chegou aos 883 milhões de euros no ano passado, o que representa uma subida de 28% face a 2018.

“O maior número de projectos apoiados (fiscalmente ou financeiramente) coube à Alemanha, com 12, seguindo-se a França com 11 e a Espanha com 8 (junto, representam 67% do número de IDE). Não foram dados valores de investimento por país de origem.

“Já o investimento nacional sofreu uma queda de 39%, passando dos 471 milhões para os 289 milhões de euros no período em análise. Assim, foi graças ao IDE que o organismo público presidido por Luís Castro Henriques pôde afirmar que conseguiu bater um novo recorde no ano passado, ao subir, mesmo de forma residual (1,1%), o valor global de investimento contratualizado de 1159 milhões para 1172 milhões de euros.”

Leia mais em publico.pt


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background