Caso de família com bebé português retidos em aeroporto de Paris desde domingo deve ser resolvido hoje

Publié le 20 mai 2020

Associação denuncia caso de bebé português retido em aeroporto em Paris

Uma associação francesa de defesa dos direitos dos imigrantes denunciou que duas crianças de tenra idade, incluindo um bebé de um mês de nacionalidade portuguesa, encontram-se retidas nas instalações do aeroporto Roissy-Charles de Gaulle, perto de Paris.

A diretora da Associação Nacional de Assistência Fronteiriça para Estrangeiros (Anafé, na sigla em francês), Laure Palun, precisou que o bebé chegou no domingo de Portugal “com a mãe portuguesa e o pai de nacionalidade cabo-verdiana”, citada pela agência France-Presse (AFP).

De acordo com a associação, a criança de tenra idade e a respetiva família estão retidos numa zona do aeroporto parisiense destinada aos viajantes que não têm autorização de entrada no território francês e que aguardam o repatriamento.

Entre as 20 pessoas que estão atualmente nestas instalações está ainda outro bebé de 16 meses que chegou igualmente a Paris com a mãe, uma cidadã do México.

Estes casos deverão ser resolvidos hoje pelas autoridades francesas. O casal luso-cabo-verdiano vive em França há alguns meses, não têm trabalho e delocaram-se a Portugal para o nascimento do bebé.


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background