Crónica para um homem raro. Gérald Bloncourt, por Carlos Pereira

Publié le 30 octobre 2019

O Museu Nacional da História da Imigração – Palais de la Porte Dorée, em Paris – acolheu no sábado passado uma sessão de homenagem a Gérald Bloncourt, falecido no ano passado.

Bloncourt é, para alguns, “o fotógrafo da emigração portuguesa para França”.

São conhecidas muitas das suas fotos sobre a realidade da emigração portuguesa dos anos 1960 e seguintes. As suas fotografias nos bairros da lata falam por elas mesmas, nem precisam de legendas.

O jornalista e diretor do Lusojornal, Carlos Pereira, esteve na organização da homenagem a Gérald Bloncourt e dedica-lhe a CRÓNICA do DIA desta quinta-feira.

“Uma homenagem a um grande fotojornalista e a um homem raro”, diz o cronista. Ouça, nesta quinta, 31, alguns minutos antes das 7, 9, 11, 15, 17 e 19 horas.

 

Gérald Bloncourt, com o seu inseparável boné, durante um programa na R. Alfa:

Cronista Carlos Pereira:


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background