Estudo/Inquérito. Agricultores são os que mais fazem sexo

Novo estudo aponta que, de todas as profissões, os agricultores são os que mais fazem sexo: pelo menos uma vez por dia. No extremo contrário estão os jornalistas.

Se achas que a vida no campo é calma, está muito enganado. Um novo estudo mostra que os agricultores são aqueles que mais sexo fazem, comparando com outras profissões. Fazem em média uma vez por dia.

Num inquérito levado a cabo a empresa de brinquedos sexuais Lelo com as respostas 2000 homens e mulheres no Reino Unido, 33% dos agricultores afirma que faz sexo pelo menos uma vez por dia, sendo que 67% considera que é um parceiro incrível.

Em entrevista ao Mirror, Kate Moyle, sexóloga, afirmou que pela intensidade e dureza do seu trabalho os agricultores têm mais energia para ter relações sexuais. « O nível de atividade física de um agricultor é muito maior do que o de alguém que passa o dia no escritório », apontou Kate Moyle.

Em segundo lugar estão os arquitetos, com 21% a afirmar ter relações sexuais pelo menos uma vez por dia, e em terceiro os cabeleireiros, com 17% a afirmar que todos os dias se envolve sexualmente com um parceiro. No outro extremo desta lista estão os advogados, com 27% a afirmar que costumam fingir orgasmos, e os jornalistas, com 20% a terem relações sexuais apenas uma vez por mês.

« O estilo de vida que as profissões criam, como é o caso da flexibilidade de horários, trabalhar mais horas que o normal ou até o ambiente de trabalho têm um grande impacto nas nossas vidas, especialmente na parte sexual », apontou ainda a sexóloga.

Revista Sábado.
td-main-content-wrap
Article précédentÉ permitido? Batata frita é mais saudável do que a cozida, garante estudo
Article suivantPaulo Pisco acusa o PSD de ter anulado voluntariamente votos dos emigrantes durante a noite da contagem